IMG_6004

São Simão recebeu dia 14/01, 562 kits escolares para alunos, que inclui cadeira e mesa escolar. A entrega que aconteceu no Colégio Municipal Leopoldo Moreira, foi apenas o primeiro lote de um total de 740 conjuntos de tamanho médio e 640 conjuntos de tamanho grande, que deverá chegar nos próximos dias. O município ainda receberá 80 conjuntos de mesa para professor e 3 mesas/cadeiras de rodas para sala de aula, para alunos portadores de deficiências.

De acordo com a Técnica do Plano de Ações Articuladas, Sandra Ribeiro, todo esse mobiliário é fruto de um convênio firmado entre a prefeitura e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), através do Plano de Ações Articuladas (PAR). A renovação das cadeiras vai possibilitar a melhoria nas condições de aprendizagem nas escolas contempladas, beneficiando cerca de 1.400 estudantes em São Simão e Itaguaçu.

A ação do FNDE tem por objetivo renovar e padronizar o mobiliário escolar no país, garantindo qualidade e conforto para estudantes e professores nas salas de aula e contribuindo para a permanência dos alunos nas escolas da rede pública de educação básica.

“A luta por recursos e benefícios tem sido uma marca registrada da administração do prefeito Dr. Márcio, que tem lutado incansavelmente para viabilizar a entrada de recursos no município. Tudo isso é graças ao seu empenho e se hoje podemos contar com esses recursos, é porque Ele deu sua grande parcela de contribuição”, afirmou a Técnica Sandra.

A secretária da Educação, Ilza Maria Vasconcelos, explicou ser suficiente para trocar o mobiliário de quase todas as escolas municipal, a quantidade de kits que a Educação receberá.

“Muitas vezes a criança sem o apoio devido na carteira adquire uma série de problemas que impedem seu aprendizado. Com as novas carteiras, com certeza, nossos alunos terão mais prazer em permanecerem na sala de aula. Era um sonho antigo de toda a educação e hoje estamos realizando graças ao esforço do prefeito Dr. Márcio”, acrescentou Ilza.

Dr. Márcio destacou a importância do mobiliário escolar no processo educacional. “A mobília vai assegurar que nossos alunos possam dispor de conforto e qualidade durante as aulas, o que vai tornar os estudos mais agradáveis. A Educação é uma área prioritária em nosso governo e não estamos medindo esforços para equipar nossas escolas e melhorar as condições físicas dos prédios”, ressaltou.

Os novos móveis são totalmente baseados nas determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Segundo o Ministério da Educação, foram planejados seguindo as regras da ergonomia e com o objetivo de ter mais durabilidade que o mobiliário escolar comum.

A Técnica Sandra, explicou que o recebimento dessas carteiras só foi possível a partir da atualização de dados do município em plataforma digital do Ministério da Educação, o que não foi feito no período de 2010 a janeiro de 2013, sendo iniciado e finalizado nos meses de fevereiro e março de 2013. “Assim que o prefeito Dr. Márcio assumiu, determinou que todos os serviços fossem colocados em ordem, e entre eles havia essa atualização de dados. Somente a partir dessa atualização foi que o município conseguiu fazer solicitações junto ao Ministério da Educação, firmar convênios e ser atendido. Dentre as conquistas, destaca-se a construção da quadra poliesportiva coberta com vestiário que está sendo construída na Escola Municipal Antônio Eustáquio da Silveira e um ônibus escolar rural. Ainda encontra-se em análise e o município poderá, dentro em breve, ser contemplado com uma creche de 12 salas, a ser construída no Bairro Cidade Jardim e uma escola com seis salas de aula, em local ainda ser definido”, revelou Sandra Ribeiro.

Todos os conjuntos de carteiras estão avaliados em cerca de R$ 200 mil. “Graças ao empenho de nossos técnicos da Secretaria da Educação, na atualização dos dados junto ao Ministério da Educação, o município foi atendido pelo Governo Federal e, assim, pôde gerar uma economia aos cofres públicos, que pode ser aplicada em outras áreas”, complementou Dr. Márcio.