Em apenas uma semana, Prefeitura recupera mais de 45 km de estradas vicinais em São Simão e Itaguaçu

A equipe da Secretaria de Transportes da Prefeitura de São Simão, sob o comando do secretário Lourival Gomes Jardim, iniciou, já na primeira quinzena deste mês de fevereiro, o serviço de recuperação nas estradas rurais do município.

Esse serviço é uma determinação expressa do prefeito Ibinho, que conhece perfeitamente a lida do homem do campo e sabe das suas necessidades, dentre elas, de ter estradas transitáveis para facilitar o escoamento de seus produtos, bem como para atender os corredores das linhas de transporte de alunos de São Simão e Itaguaçu.

“Depois de pegarmos um maquinário em péssimas condições, não medimos esforços para que o essencial ficasse em pleno funcionamento para iniciamos uma força tarefa para a recuperação das estradas vicinais de nosso município. É de suma importância que nossas famílias que residem nas zonas rurais e dependem de uma estrada transitável, tenham o mínimo de qualidade nessas estradas, para que possam transitar com segurança e facilidade”, disse o prefeito Ibinho.

Uma pá carregadeira, uma patrol, uma retroescavadeira e cinco caminhões, estão envolvidos no trabalho de melhoramento das estradas vicinais que cortam a zona rural. Além de encascalhamento, serviços de limpeza, terraplanagem, adequação das saídas de águas pluviais, limpeza dos acostamentos, e o alargamento de alguns trechos, estão sendo realizados na força-tarefa.

O secretário Lourival lembra que a recuperação das estradas rurais não implica apenas em facilidade para o escoamento dos produtos do homem do campo. “Esses serviços têm reflexo na Educação, porque dão segurança para o transporte de professores e alunos; na Saúde, porque garantem o acesso de ambulâncias; na Segurança, porque permitem o deslocamento do policiamento civil e militar. Ou seja, são benefícios para diversos setores, e para a qualidade de vida da população que vivem nessas regiões, de forma geral”, destacou.

Segundo o prefeito, mais de 45 quilômetros de estradas danificados foram recuperados até o momento. “Conseguimos recuperar os piores trechos, identificados com maior urgência, mas ao mesmo tempo não podemos parar com o cronograma de trabalhos das estradas vicinais que está em andamento normal. Estamos fazendo o possível, embora tenhamos poucas máquinas em condições de executar os serviços”, concluiu Wilber Floriano.