Escola Fundamental Cora Coralina passa quase 1 ano por obras de reforma e ampliação e é reinaugurada com investimentos de mais de R$ 1 milhão

· Updated

Os alunos da Escola Fundamental Cora Coralina ganharam uma nova escola na manhã desta segunda-feira (25). Localizada no Residencial Cemig, a unidade de ensino foi reinaugurada pelo prefeito Ibinho, após as obras de reforma e ampliação que começaram em dezembro 2018.

As aulas já foram iniciadas nesta terça-feira (26) e o espaço possui capacidade para atender 770 alunos e 83 profissionais da educação.

Em 2018, os alunos do local foram transferidos para a Escola Estadual Ladislau Alves de Souza, enquanto o prédio construído na década de 70, pela Cemig, recebia as intervenções estruturais necessárias.

Segundo a prefeitura, durante a reforma, houve a troca de todo o telhado, instalação de nova rede elétrica, troca de rede hidráulica e esgoto, troca total do piso de cimento queimando e pedras por piso de granitina, ampliação de salas para atendimento especializado, reforma e adaptação para deficientes físicos dos banheiros dos alunos, troca do forro e colocação de forro no refeitório.

Foi construído também salas de vídeo e para Psicólogo, banheiros para funcionários, novos banheiros com vestiários e chuveiros para atender as aulas de educação física e transformação da cantina numa cozinha industrial. Todas essas obras reformas e ampliações custaram R$868 mil reais, mas o investimento foi ainda maior, pois atender a demanda de energia elétrica do prédio foi elaborado um projeto extra de construção de uma subestação de energia, com aquisição de um transformador avaliado em R$40 mil reais. Também houve aquisição de novos móveis e equipamentos tais como: armários, cadeiras, prateleiras e arquivos para atender a administração da escola.

Vinte novos computadores para o laboratório de informática, avaliados em R$56 mil reais, foram comprados para atender alunos e professores. E para resolver o problema das altas temperaturas nas salas de aula que atrapalham o rendimento escolar dos alunos, foram instalados 22 aparelhos de ares-condicionados, num investimento de cerca de R$53 mil reais. Somados todos os investimentos, a obra totalizou R$ 1.023.780,00 (Um milhão, vinte e três mil, setecentos e oitenta reais).

Bastante satisfeito, o prefeito Ibinho ao usar a palavra, relembrou que, em visitas prévias feitas à unidade, ficou decidida a reforma e ampliação da escola. “Queremos muito que vocês cuidem dessa nova escola. Antiga, a escola não estava à altura do que os alunos necessitavam. Com o objetivo de escrever uma história diferente na comunidade, praticamente, foi realizada a demolição da velha estrutura e a reconstrução do novo prédio nos moldes que todos veem agora. Isso faz parte do compromisso municipal de colocar a Educação como prioridade em nosso município”, afirmou.

Já o secretário de Educação, Divino Nogueira, fez um apelo para que as novas instalações do Cora Coralina sejam conservadas como representação de um sentimento de pertencimento. “É com muita alegria que festejamos esse momento e precisamos contar com o apoio de todos os alunos, para que a nova Cora Coralina continue linda e funcional, para vocês. Essas reformas e ampliações entregues hoje dão condições para os alunos aprenderem e também para os professores ensinarem com maior conforto e qualidade”, complementou.

O trabalho de reforma e ampliação durou cerca de onze meses – tempo que os alunos foram abrigados na Escola Estadual Ladislau Alves de Souza. “Esta é a realização não de uma reconstrução da escola, mas de um sonho. O dia de hoje é uma vitória de uma luta longa que tivemos para ter essa escola estruturada e com todas as condições para ensinarmos o melhor aos nossos alunos”, comemorou o diretor da Escola, Emilson Aparecido que, durante a solenidade de reinauguração, aproveitou o momento para agradecer o empenho de toda a prefeitura para que o projeto se viabilizasse.

Na oportunidade, foram entregues dois novos ônibus “amarelinhos” do programa federal “Caminhos da Escola”, destinados ao transporte de alunos da cidade e de Itaguaçu. Os veículos, 0km, são frutos de emendas da bancada federal de Goiás da legislatura 2015/2018 e com indicação do ex-deputado Federal, Jovair Arantes.

Também houve a entrega de quatro motocicletas novas, avaliadas em R$44.600.00. Uma atenderá as necessidades do Setor de Compras e as outras três foram entregues para o Departamento Municipal de Trânsito. As motocicletas destinadas ao Demetran são equipadas com giroflex, lâmpadas pisca-pisca de led e alarme sonoro para maior segurança da comunidade e proteção ao patrimônio público.

A solenidade contou também com o prestigio do presidente da Câmara Municipal, Lazinho Lacerda; dos vereadores Ana Maria, Antônio Camilo, Adriano Pimenta, Baiano Carvoeiro e Fábio Kebinha; dos secretários Adriana Floriano (Desenvolvimento Social), Divino Nogueira (Educação), Wilson Pimenta (Administração), José Humberto (Controle Interno), Arquimedes José de Oliveira (Saúde), Danilla Soares (Turismo), Augustinho Maurício da Silva (Infraestrutura) e Amauri Romão (Transportes); a Superintendente de Segurança Pública, Léia Cristina; o Chefe do Gabinete Executivo, João Paulo Medeiros, além de servidores das mais diversas áreas.