Enfim, Governador Marconi sinaliza conclusão da GO-319 e corredor rodoviário ligará Indiara a São Simão

Nesta quinta-feira (31), o prefeito Ibinho acompanhado do Presidente da Câmara Municipal, Adriano Pimenta, do vereador Fábio Kebinha e por outros dez prefeitos goianos esteve reunido, em Goiânia, numa audiência com o Governador Marconi Perillo. Em pauta, foi discutida a conclusão da GO-319 que liga o povoado de Denislópolis até Castelândia, um trecho de 30 km, que integra o corredor rodoviário de Indiara a Quirinópolis, margeando o Rio dos Bois, ligando vários municípios até o Porto de São Simão.

De acordo com Ibinho, a conclusão da obra reduzirá de 60 a 130 quilômetros as distâncias das cidades entre a região do extremo sudoeste até Goiânia.
“Além de ser uma importante obra de mobilidade ela também ajudará no desenvolvimento de nossa região. O governador nos garantiu que já houve designação dos recursos e a licitação já está sendo preparada”, disse o prefeito.

A obra é da maior importância para Goiás e de interesse de todos os goianos. Não se trata de uma mera conclusão do trecho de Tocozinho a Castelândia, desconectado do contexto regional, como é visto hoje, e sim um grande corredor rodoviário que ligará diversas cidades ao Porto de São Simão, propiciando o desenvolvimento regional integrado.

Em recente visita à cidade de Porteirão, Marconi Perillo, disse que chamou sua atenção durante o evento, um folheto elaborado de forma muito inteligente, mostrando um gargalo de infraestrutura importante a ser resolvido. Após identificar o ex-deputado Ângelo Rosa como criador do folheto, chamou-o à frente e explicou: ” a ilustração e as justificativas foram feitas com muita inteligência e nos ajudou a compreender melhor a importância da reivindicação.

Naquela oportunidade, o governador garantiu que tomaria as providências necessárias para a conclusão do trecho.

As cobranças pelo asfalto tiveram prosseguimento e o movimento ganhou força com a conscientização e a união de todos os prefeitos da região, que a partir dali estavam falando a mesma linguagem e cobrando decisão.

“Foi preciso lembrar as autoridades de Goiás, com a insistência que o caso requer, sobre sua importância. As promessas eram muito antigas, a descrença foi grande, mas não podíamos desistir da luta enquanto não houvesse vitória e eis que ela veio”, comemorou Ângelo Rosa ao lado dos prefeitos.

A obra viabilizará um corredor rodoviário que margeia o Rio dos Bois e liga vários municípios de uma grande região agro-produtora ao porto de São Simão. Ela estimulará as atividades do comércio e da prestação de serviços, agronegócio, industrialização, turismo e o desenvolvimento integrado de uma região de muito potencial econômico, beneficiando uma população de aproximadamente 200 mil habitantes.