Ele chegou tímido e cabisbaixo, mas bastou colocar a sunga, vestir a touca e cair na piscina para se transformar num garoto brincalhão e risonho. Esse é o pequeno Onoberto Santos Mendes de Itaguaçu, que ao lado do inseparável amigo Adrian Bailão recebe gratuitamente aulas de natação, oferecidas pela prefeitura. “Eu já sei nadar, mas venho nas aulas para encontrar meus amigos e aproveito para passear”, declarou Onoberto. Duas vezes por semana, a prefeitura faz o transporte dos dois amigos e de mais 41 crianças do distrito, para participarem das aulas em São Simão. Fruto de um convênio com a escola Peixinho Dourado, no valor de R$ 132 mil, as oficinas de natação são coordenadas pelo Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de São Simão e Itaguaçu, assistindo, até o momento, 110 crianças. “Um sucesso! É uma de nossas atividades mais procuradas. Até então, tais crianças não tinham nenhum tipo de atividade e o prefeito Dr. Márcio percebendo a necessidade e com toda sua sensibilidade estendeu a oficina oferecida em São Simão para Itaguaçu”, comenta a Coordenadora em Itaguaçu, Sônia Maria de Oliveira. Para a Coordenadora, as oficinas de natação tem proporcionado às crianças uma oportunidade para aprender e praticar a natação e o mais importante, sem qualquer custo para os pais. “Além de promover a inclusão social e o aprendizado, a oficina de natação está contribuindo também para a melhoria da saúde das crianças, uma vez que, alguns deles têm recomendações médicas, para que frequentem aulas de natação. A cada dia é uma descoberta dentro da piscina”, revelou Sônia. Mesmo com os dedos enrugados, as crianças resistem em sair da água. “Eu já sei nadar de costas e bater as pernas assim”, diz o pequeno Adrian Bailão, de 9 anos, apontado para os pés na água. Segundo o prefeito Dr. Márcio Barbosa Vasconcelos, além da diversão, o acesso às aulas possibilita aos pequenos desenvolverem atividade física para ter uma vida mais saudável e estimula o gosto pelo esporte. “Nossos principais objetivos são a inclusão social e a motivação esportiva, com estímulo a atividades saudáveis. É uma satisfação muito grande ver os olhos das crianças brilhando. Quem sabe ainda a gente possa estimular um futuro atleta”, observa Dr. Márcio. Nos últimos três anos, a Administração Municipal tem procurado ampliar os investimentos em todas as áreas e duas delas, saúde e esporte, recebe toda a atenção da prefeitura, que tem feito de ambas um instrumento de transformação social por meio dos processos de inclusão. E a atenção a essas áreas vai um tanto além da construção de quadra poliesportiva, reformas e revitalização de campos de futebol. Essa preocupação está presente na oferta de possibilidades aos estudantes que, por meio dos Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de São Simão e Itaguaçu, participam de oficinas de aprendizagem e esportes. São milhares de crianças que fazem parte de diversas atividades e oficinas, ofertadas gratuitamente, pela prefeitura. Dentre tantas, os estudantes podem participar de aulas de futebol, futsal, capoeira, karatê, futebol de campo, balé, dança e agora surge uma novidade: a natação.   Os benefícios da natação A natação é um dos esportes mais completos, além de ser acessível a todos os gêneros de pessoas. A modalidade pode ser encarada como um esporte competitivo, atividade terapêutica ou apenas como uma forma de aliviar as tensões diárias. Os movimentos corporais executados na prática da natação favorecem a saúde em diversos sentidos, trazendo benefícios ao sistema circulatório, articulações, musculatura e auxiliando na luta contra o envelhecimento e o sedentarismo. As atividades na piscina podem ajudar a capacidade circulatória e cardiorrespiratória, desenvolver os músculos, dar mais flexibilidade e resistência, melhorar o raciocínio e até recuperar movimentos, o equilíbrio e a coordenação motora. Além disso, o exercício ajuda a controlar os níveis de açúcar e colesterol no sangue.