Avenida Rio de Janeiro ganhará canteiro central para a instalação do novo sistema de iluminação de LED

Toda a extensão da Avenida Rio de Janeiro, uma das vias de acesso à cidade pelo trevo norte, está recebendo a construção de canteiro central para abrigar os postes com as novas luminárias com lâmpadas de LED.

A nova medida, que substitui as antigas luminárias, oferece grandes melhorias para o setor de iluminação pública, entre elas, maior economia, eficiência e segurança para a população.

A prefeitura, através das secretárias de Transportes e de Infraestrutura, é a responsável pela preparação e construção dos meios-fios e canteiros, que abrigarão as tubulações com o cabeamento e todos os postes necessários para a implantação do novo sistema.  Segundo o secretário de Infraestrutura, Augustinho Mauricio da Silva, diversas máquinas estão sendo usadas na execução do serviço, como retroescavadeiras, patrol, caminhões basculantes.

O projeto de instalação e modernização está sendo todo executado pela empresa Goiás Led Materiais Elétricos e Construção, e será estendido também para as avenidas Goiás, Brasil, Minas Gerais e para Rua 14, além de contemplar todo o Complexo Turístico da orla da Praia do Lago. Em Itaguaçu a Avenida Brasil, a principal do distrito, também será beneficiada neste primeiro momento.

O investimento total é de R$ 2.174.000,00 (Dois milhões, cento e setenta e quatro mil reais) e será realizado com recursos próprios do município.

De acordo com o prefeito Ibinho, o projeto está sendo implantado em pontos importantes. “Estamos investindo em segurança, melhorando a visibilidade para os transeuntes, motoristas e ciclistas no sentido deixar nossa cidade mais bonita”, argumentou.

A previsão é a de que todo o trabalho seja concluído antes da primeira quinzena de agosto.

“Essas são melhorias incontestáveis. Qualidade na mobilidade urbana, segurança e economia aliadas a um serviço eficaz. Os serviços seguem em instalação nas próximas semanas, sendo concluídas o quanto antes, em benefício de toda a cidade”, afirmou o secretário de Transportes, Amauri Romão.