10º Encontro Regional de Capoeira, Troca de Corda e Batizado do Centro Cultural Iara de Almeida

Com o objetivo de promover a integração social entre capoeiristas e a população, cerca de 100 capoeiristas receberam a benção e trocaram de cordões no Encontro Regional de São Simão coordenado pelo Centro Cultural Iara de Almeida, e promovido em parceria com a Prefeitura, Secretaria de Educação, Superintendência da Cultura e a Escola de Capoeira Terra de Bamba.

O evento, que chega à sua décima edição este ano, foi prestigiado pelo Secretário de Educação, Divino Nogueira, pelo Presidente da Câmara de Vereadores, Adriano Pimenta, e pelo Superintendente de Cultura, Paulo Lima.

Realizado entre os dias 28 e 30 de setembro, o encontro contou com a participação de caravanas das cidades de Uberlândia, Ituiutaba, Iturama, Monte Alegre, Jataí e Quirinópolis.

Marcou presença os professores Gnomo e Kateto, contramestres Esmeralda, Granada, Cobra e Sorriso, mestre Calango, mestrando Pinta e Instrutor Junior Preto.

O encontro foi realizado para crianças que têm aula de capoeira pedagógica no dia a dia no Centro Cultural Iara de Almeida. “É a celebração de um período de aulas e treinamentos e a conquista da graduação. É onde a criança entra em contato com demais elementos da capoeira de forma mais abrangente como a roda, mestres e professores. Tudo direcionado para eles e dentro do universo deles”, explicou o professor Marreco, organizador do evento.

Uma roda aberta de capoeira abriu, na Praça Júlio Bernardes, os três dias da festa capoeirística. Sábado (29), o Centro Cultural Iara de Almeida recebeu pela manhã, um aulão de capoeira contemporânea e a noite houve a cerimônia de troca de corda e batizado. Dos quase 35 alunos da oficina de capoeira do Centro Cultural Iara de Almeida, 21 fizeram a troca de corda, recebendo o certificado de graduação.

O batizado da capoeira representa a 1ª graduação do capoeirista, em que ele recebe junto ao padrinho e/ou madrinha, a primeira corda, que será amarrada em sua cintura. Cada cor significa o tempo de prática e habilidades dos atletas. Na entrada para a roda, os jovens capoeiristas puderam “jogar” com os Mestres e demais capoeiristas da região.

Ainda na solenidade de recebimento dos certificados, os alunos ouviram e viram a aptidão dos mestres para tocar os instrumentos como, berimbau, atabaque e pandeiro e na apresentação de saltos acrobáticos.

E para fechar o grande encontro, uma roda aberta foi realizada domingo (30) na feira coberta.

Durante o encontro, ainda houve apresentações culturais com a Banda Municipal “Maestro João Antônio dos Santos”, dos grupos de danças do Centro Cultural, Corpo e Ritmo (instrutor Wemerson Brito), Power Dance (instrutoras Shayene Hortencia e Karol Freitas) e Ballet Imperial (instrutor Leonardo Luiz).